• Voltar

    Tempo seco exige cuidados com a saúde

    Neste período do ano, costumamos acompanhar no noticiário que a umidade relativa do ar está baixa e de que precisamos de cuidados. Mas por que precisamos prestar atenção nisso? Preparamos um material para esclarecer algumas dúvidas sobre o tema.

    No Brasil, a umidade do ar costuma chegar a níveis de deserto, em torno de 15%. Esse patamar é considerado de alerta e precisa de cuidados redobrados, principalmente em crianças, que são as que mais sofrem com estas alterações.

    Segundo especialistas, o nível ideal da umidade é de 80% para o ser humano, no entanto, até 40% ainda é um nível aceitável para o adulto. Já para as crianças, esse número é de somente 50% para ser um nível no limite do adaptável. 

    Onde sentimos as primeiras alterações no organismo?

    Segundo especialistas, os primeiros sintomas do organismo diante da baixa umidade relativa ao ar aparecem na pele, intestino, os olhos, nariz, garganta, além de causar problemas respiratórios. 

    As principais indicações dos especialistas para o tempo seco são: 

    - Beber muita água, para ficar bem hidratado;

    - Evitar andar ao ar livre;

    - Usar hidratantes na pele, para evitar o ressecamento;

    - Usar soro fisiológico nos olhos e nariz;

    - Umidificar o ar. Uma dica são toalhas molhadas ou bacias com água no quarto de crianças durante a noite. 

    É preciso estar atento e cuidar da saúde, com essas dicas simples é possível ter mais qualidade de vida.

    Voltar
 

Unidades

Encontre uma unidade próxima de você

 

Índice: Mapa de Localização.